Make your own free website on Tripod.com
O grande terramoto de Lisboa, de 1755, levou a ostentação e riqueza e deixou um rasto de destruição na Baixa lisboeta. A cidade “fantasma”em que se transformou.a angústia e a crença nas profecias parecia supor tratar-se do fim do Mundo ou pelo menos do fim de Lisboa e com ele o império. De uma forma ou de outra a Idade de Ouro já não se avistava no horizonte glorioso de Portugal.
O obreiro da reconstrução de Lisboa e das restantes regiões devastadas pelo terramoto é Sebastião José de Carvalho e Melo — o O Marquês de Pombal (1699-1782) que, entretanto, aproveita para reduzir o poder da aristocracia e da igreja.