Make your own free website on Tripod.com

LUSOFONIA: OS NOVOS MUNDOS DO MUNDO
Pesquisa Orientada na Rede
por Luís Aguilar



Resposta à Questão 11

Situe cada membro da CPLP ( Comunidade dos Países de Língua Portuguesa) no ranking mundial do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

O objectivo da elaboração do Índice de Desenvolvimento Humano é oferecer um contraponto a outro indicador muito utilizado, o Produto Interno Bruto (PIB) per capita, que considera apenas a dimensão económica do desenvolvimento. Criado por Mahbub ul Haq com a colaboração do economista indiano Amartya Sen, ganhador do Prêmio Nobel de Economia de 1998, o IDH pretende ser uma medida geral, sintética, do desenvolvimento humano. Não abrange todos os aspectos de desenvolvimento e não é uma representação da "felicidade" das pessoas, nem indica "o melhor lugar no mundo para se viver".

Além de contabilizar o PIB per capita, depois de corrigi-lo pelo poder de compra da moeda de cada país, o IDH também toma em linha de conta duas outras componentes: a longevidade e a educação. Para aferir a longevidade, o indicador utiliza números de expectativa de vida ao nascer. O item educação é avaliado pelo índice de analfabetismo e pela taxa de matrícula em todos os níveis de ensino.

Apesar de ter sido publicado pela primeira vez em 1990, o índice foi recalculado para os anos anteriores, a partir de 1975. Aos poucos, o IDH tornou-se numa referência mundial. É um índice-chave dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio das Nações Unidas . Aqui fica, enfim, o IDH, Índice de Desenvolvimento Humano, relativo aos países lusófonos.

País
Posição
    IDH
Portugal:
27
0.904
Brasil:
63
0.792
Cabo Verde
105
0.721
São Tomé e Príncipe
126
0.604
Timor:
140
0.513
Angola:
160
0.445
Moçambique
168
0.379
Guiné-Bissau:
172
0.348